quarta-feira, janeiro 27, 2010

Máscaras


Só mais um rosto na multidão, só um entre um milhão. Sua beleza é somente uma máscara, e apesar dela ser estonteante, diga-me amado: O que existe por trás dela?
Deixe-me ver suas cicatrizes, deixe-me ver sua verdadeira face. Não escondas de mim o que mais desejo.
Quero a alma por trás da máscara, quero o corpo por trás da armadura, quero o amor por trás de todo este ódio, os lábios doces por trás das palavras amargas.
Quero ver o que você realmente é, já cansei de seus disfarces. Cansei de ver rostos, agora quero ver as almas que nos corpos habitam. Cansei de ver sentimentos falsos, quero ver o coração lar destes sentimentos.
Quero ver a coisa horrenda em que se tornou, quero tentar curá-la. Quero fechar a ferida em seu coração, quero fazer você se sentir amado. Quero atirar suas máscaras e suas mil faces ao fogo e deixar somente seu rosto marcado pela vida de mentiras que tem vivido.
Chega de fingir, chega de meias verdades, chega de tê-lo pela metade. Eu te quero por inteiro, não por partes. Meu amor por você nunca foi mascarado.
E neste baile de máscaras, todos dançam a valsa de mentiras e o compositor é você. A falsidade é aplaudida, as traições são inevitáveis, e todos aplaudem o grande maestro.
Apontado entre todos lá está você no meio da multidão. Até que percebe o que eu sempre disse. Só mais um rosto, só mais um na multidão. Só mais uma mentira, só mais um pecado, só mais uma vez, e assim você se perde em sua teia. Quando abrir seus olhos você estará enroscado até o pescoço sem chances de sobrevivência.
E entre as máscaras terá uma sem aplaudir, terá uma que não vai estar sorrindo. Eu também terei vestido uma máscara para você, meu amor. Vestirei a máscara das minhas cicatrizes, vestirei meu amor, todo e verdadeiro.
Serei o único rosto a não sorrir. Me reconhecera facilmente, serei a única máscara transparente a assistir seu flagelo.
Não saberá mais onde estão seus amigos, onde estão teus inimigos, estarão todos mascarados. Eu serei a única a te amar fielmente. Olhe bem para mim quando cair por terra, olhe bem minhas lágrimas quando você perder seu jogo.
Olhe bem o rosto que nuca te negou, o rosto que só quis te amar. O rosto que você rejeitou por diversas vezes, o rosto no qual você cuspiu. O mesmo a assistir sua dor. Mas será tarde demais para desculpas. Rejeitou-me em tua vida, e eu te rejeito em tua morte.
Amanda Souza
(Tenho recebido muitos comentários perguntando se realmente sou eu quem escreve todos os poemas e textos o site. Sim sou eu, eu não pego poemas de ninguém, como já disse em outro post mais antigo, escrevo desde minha infância, desde que aprendi a escrever. Muito obrigado a todos pelo carinho que tem tido comigo e com a minha poesia. Beijinhos até mais".")

21 comentários:

  1. ou seja, quero o que há de dentro de você, seu amor, sua alegria, sua felicidade, quero você.

    mt bom o texto, <3'

    ResponderExcluir
  2. "Serei a única a não sorrir" que poder essa garota tem não???QUanta quantaa..aahh quero ser como ela quando crescer haha!
    Mto bom

    ResponderExcluir
  3. mto boom msmo
    belo texto
    visita: http://quemodaeessa.blogspot.com/
    beejos;**

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto. Uma das coisas mais difíceis quando se conhece alguém, ou se apaixona pela pessoa é penetrar, adentrar no corpo além da máscara e conhecer aquela alma que ninguém conhece.
    Parabéns pelo blog, já estou seguindo.

    http://tacadesabedoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Parabens vc escreve muitoo bemm

    http://movimentoalvinegro.blogspot.com/

    da uma passadinha la ?

    ResponderExcluir
  6. vc escreve muito bem, ligue pra esses malas que falam mal de vc não,seus textos são 10.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Magnifico!
    É de arrepiar.
    Parabéns Amanda.
    Muito bom.
    Segunda vez que venho aqui

    ResponderExcluir
  8. Que lindo!
    Parabéns!
    Seu trabalho tem de ser reconhecido.
    Sempre que der, voltarei aqui.
    O seu texto é no estilo dos que faço,
    dos que gosto.
    Beijos e boa noite :*

    ResponderExcluir
  9. Muito bom esse texto, você está de parabéns! É intenso, vibrante . . .

    http://daniel.a.s.zip.net

    ResponderExcluir
  10. Wooow, muito bom esse texto! Se todos seguem o mesmo nível, estás de parabéns! Já pensou em ganhar dinheiro com isso?

    ResponderExcluir
  11. adorei *--*

    http://www.zoeraboa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. voce escreve muito bem, olha parabens, invista mais nisso
    http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. quanto mais eu leio, mais eu gosto

    http://perfeicaotumultuada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. vou seguir seu blog pra eu não perdê-lo

    ResponderExcluir
  15. Muito bom!As pessoas se escondem em máscaras,não demonstrando sua verdadeira identidade ;)

    ResponderExcluir
  16. Conhecer alguém de verdade é complicado. Todos nós impomos máscaras em nós mesmo. E o pior, idealizamos e mascaramos as pessoas.

    ResponderExcluir
  17. escrevi uma fanfic com esse mesmo nome . . .mascaras *-* adorei o texto,floor ! sucesso pro seu blog

    ResponderExcluir