segunda-feira, janeiro 25, 2010

Angelical

A pior coisa em ser um anjo, é ter que assistir sua dor calado. A pior coisa em ser imaculado, é desejar-te sem poder. A pior coisa em ser alado, e não poder voar direto para seu coração. A pior coisa em te amar, é jamais poder te tocar.
Minha vida se resume a assistir seus pecados em silêncio, sorrir com suas vitórias sem ser visto, velar teu sono e ver-te sorrir enquanto está tão longe.
Minha existência é para ser teu guia, chorar sobre seus cabelos sem que nenhuma lágrima consiga molhá-los, gritar quando você erra sem que o som da minha voz alcancem seus ouvidos.
Sentir o amargo gosto da negligência em meus lábios quando sei que você vai fazer algo errado e eu não posso me comunicar e dizer para que você parasse.
Ser um anjo de nada me serve, se preciso tanto tocar -te, se preciso tanto sentir seu corpo envolto em meus braços, e não posso te-lo. Para que me servem meus lábios se não posso uni-los aos teus? De que me servem meu coração se não posso entregá-lo a você? De que servem minhas lágrimas, se não pode vê-las?
De que me serve a vida se não estás nela por inteiro?
Anjos devem amar as pessoas. Mas o amor que sinto é proibido e restrito. Não posso amar o mundo todo se você não estiver nele.
Amar, eis ai o meu dilema! Amar-te é meu maior pecado.
Amanda Souza
(Se te amar é um pecado, eu serei apedrejada por te amar tanto?)

24 comentários:

  1. gostei da ultima frase. sobre amar alguem ser um pecado.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem escrito. Emocionante.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. não vai ser apedrejada não, eu não vo deixar

    e se eu dizer que te amo tu vai me apedrejar?

    ResponderExcluir
  4. Cativante, bem bolado...

    Tem futuro...

    ResponderExcluir
  5. Neste texto você conseguiu passar seus sentimentos a quem lê. O amor é a melhor luz para o caminho de cada pessoa. E ser apedrejada é normal quando o amor é algo que parece ser "errado". Mas não, o amor não erra.

    www.botecodohumor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito profundo!

    Gostei da última frase!

    ResponderExcluir
  7. bem escrito,
    facil comprendimento,
    Agradou até a mim que não gosto de melação... xD

    http://bloglsd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. o cara de cima falou tudo que tinha pra falar.

    ResponderExcluir
  9. Nossa,como você tem uma mente totalmente aberta.Lindos textos,se você mesmo os criou,parabéns,continue escrevendo que sempre vou os ler!

    ResponderExcluir
  10. Se foi você que escreveu pare e vá escrever um livro agora ! hahaha :)
    Muito bom o texto, profundo e com frases objetivas e de fácil entendimento !
    Parabéns :D

    ResponderExcluir
  11. Amei o seu texto. Tudo escrito com perfeição..

    ResponderExcluir
  12. Nossa, como me identifiquei com esse texto, me senti este anjo, vendo meu amor passar e não podendo fazer nada pra segurar... é triste. mas supero. bjs

    ResponderExcluir
  13. Não posso amar o mundo todo se vc não estiver nele!!!


    lindo!!!Amei

    Muito bem escrito!

    ResponderExcluir
  14. amor, a salvação da humanidade. fato!

    ResponderExcluir
  15. Gostei..
    Nunca tinha parado pra pensar que os anjos vibram com nossas vitórias.
    Mas essa imagem que voc~e passou,de um anjo que nos deseja eu achei meio estranho...
    E se seu anjo for do mesmo sexo???

    ResponderExcluir
  16. na verdade, anjos nao possuem genero ou sexo... o narrador do texto, ou eu-lirico, nao possui um sexo definido, embora ele tenha se mostrado "masculino".
    Não, anjos nao se apaixonam por seres humanos é claro que nao...srsrsrs
    Mas se uma pessoa pode escrever sobre vampiros que viram purpurina no sol, nao vejo problema em um anjo se apaixonar por um ser humano (sem ofensas a crepusculo já que gosto da serie em tese)
    mas sua pergunta foi muito bem elaborada lenivaldo,tive prazer em responde-la =]

    ResponderExcluir
  17. Muito bonito o texto! É de sua autoria? Parabens mesmo.

    ResponderExcluir
  18. nossa, que lindo! O:
    estou te seguindo, realmente os seus textos são maravilhosos!

    ResponderExcluir