quinta-feira, dezembro 31, 2009

Minutos para meia noite


Mais uma taça de champanhe, mais uma vez, perco minha consciência. Em meio a risos, festejos e graças, minhas lágrimas molham o chão solene. O vento gelado acaricia-me na noite, e trás seu perfume no ar. Novamente dopada por seu cheiro tão peculiar, tão particular. As minhas lágrimas são abafadas junto ao meu sentimento, calam-se.
A dor está ali, onipotente. Enquanto a noite cai, minha única companhia é minha dor. Está maldição que não posso afastar!
Queria forças para continuar a acreditar nos anjos, mas quanto mais eu acredito, mas eles se afastam de mim. Quando estou ali próxima deles, pronta para tocá-los, eles somem entre meus dedos, como fumaça, e isso é frustrante. Minha fé... Ah, minha fé! Quanto mais tento mantê-la intacta, mais meus demônios interiores a afasta de mim. Meus medos querem me dominar. Meus anjos me testar. Se isto é um teste de confiança, o que mais desejam de mim? Que outras provações terei que passar?
Vozes que não quero ouvir, medos que não irão me dominar, demônios que não posso afastar, sentimentos com os quais não posso lutar! Não sozinha...
Minhas forças se esvaem, enquanto a meia noite se aproxima. A dor me toma em seus braços, a dor acaricia-me.
Creio que ela é o anjo que pedi a Deus. Está então é tua resposta? Não lutarei sozinha, lutarei com minha dor, que é a única que está comigo quando ninguém mais me vê.
Meia noite vem, e com ela um novo dia. Meia noite cai, e com ela, todos os meus medos se vão. Os anjos vieram me resgatar. Meia noite, levai contigo meus demônios interiores, aqueles que conheces bem, pois por varias vezes, em tua hora eles me atormentaram. Leva-me também contigo, para que eu renasça em teu esplendor, e só desperte em um novo amanhecer. Que eu não conheça mais a dor, que a lucidez torne a este corpo apático.
Que eu renasça com o amanhecer de um novo dia, que o sol não seja mais ofensivo aos meus olhos, e que meu coração seja perdoado pelo anjo da dor, que segurou a minha mão fervorosamente nesta noite de insônia.
Vem, meia-noite, vem!
Amanda Souza

20 comentários:

  1. gostei mto seu texto e suas imagens!mto bom o seu blog!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o titulo tem tudo haver com o dia de hoje
    feliz 2010

    ResponderExcluir
  3. A dor, amiga habitual dos corações incomuns. Sua explendida intensidade doa vida ao corpo apático, doa sentimentos nobres e pungentes. Seu texto é um grito de desespero calmo e brando. Apenas certifique-se de revisar para corrigir pequeninos erros gramaticais, no mais está ótimo.

    ResponderExcluir
  4. aheuaeha

    Que cahto hemmm!

    hhehehe, mas minha virada passei na Igreja!

    esse tão chique esse nome GLOOOOOOSS!

    Feliz 2010

    ResponderExcluir
  5. Bem romantico;macabro o texto!
    Gosto disso!

    ^^

    ResponderExcluir
  6. Gostei do texto
    muito bem escrito
    Feliz 2010 ^^

    ResponderExcluir
  7. Olha confesso que quando li "pingo de gloss" imaginei algo com dicas de moda e afins (não que eu não goste, afinal sou mulher né.. rsrs) Mas me surpreendi aqui! É a crise da meia noite, sei bem como é.. Acontece!
    Um beijo e sucesso no blog!

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda td bem?

    Meuu,mto bomo seu blog,curti mto...vou sempre passar por aqui,vou t seguir tb ;D

    Prazer Marco; =)

    Se der,passa lá no meu blog. ;D

    http://positividadepublica.blogspot.com

    beijos

    ResponderExcluir
  9. A crise da "meia noite" é quando todos nós nos tornamos filósofos e também diria "emos" por que vem tristezas de tempos atrás e a noite vai e não vem o sono e você acaba triste e com uma leve vontade de suicídio, mais tirando isso é legal!

    ResponderExcluir
  10. Eu concordo bastante com o que o Ronny falou...a noite cai e com ela parece cair nossas máscaras e o que sobra somos nós mesmos com as nossas angústias (caso elas existam).

    Eu gosto da maneira como você escreve, gosto mesmo. Fiz uma singela homenagem pra ti no Ordem. Adoraria que você passasse lá pra dar uma olhadinha!!

    Beijinho Amanda e que 2010 seja melhor que 2009 (em todos os sentidos que melhor lhe cabem.)

    Igor Andre
    (ordemincaos.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  11. é difícil... sei lah... 2009 acho que foi um ano muito difícil pra todo mundo... não foi apenas vc q teve sensações deste tipo, todo mundo teve alguma coisa...

    mas as coisas vão melhorar, pra frente, avante!

    ResponderExcluir
  12. Pelo título do blog espeva coisa diferente mas gostei.

    Essa alusão ao ano novo, bacana.

    ResponderExcluir
  13. http://cotidianodesvaneio.blogspot.com Bom mto bom ...vou seguir..

    ResponderExcluir
  14. woow muuuito bom!
    Valeu a pena ler

    Visite: www.olinkdoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. As vzs me pergunto porque a emoção é hunanime nessa data rs?
    Seja como for... que venha 2010 com sucesso nas conquistas e novas expectativas
    Bjão

    ResponderExcluir
  16. Seu desabafo é claro e onipotente!
    Gostei.

    ResponderExcluir